Encontre fornecedores para
o casamento de seus sonhos

Ele tem simplicidade no olhar: Eron Zeni

Para mim, o ano de 1996 é especial. Foi neste ano que minha família cresceu e eu ganhei um irmãozinho. Na época, morávamos em Londrina, eu tinha apenas cinco anos de idade e nunca sequer tinha ouvido falar de uma cidadezinha chamada Toledo. Mas era por lá, nesta mesma época, que um dos mais renomados fotógrafos da região dava seus primeiros passos neste universo de poses e cliques.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

“Eu encontrei uma câmera que pertenceu ao meu falecido pai e aí fui ser freelancer do jornal Gazeta de Toledo”, conta Eron Zeni.

1900_058861c7-00b8-4019-8e46-3712ce02e3e0 1900_ad650dbd-3629-4309-b9e0-b55ac5a4f2e3

Mas só nas páginas dos jornais não caberia a sua vontade de registrar lembranças, memórias e histórias; e os casamentos logo chamaram sua atenção. “É simplesmente fantástico! Acabo entrando e vivendo um pouco a história dos noivos, afinal quando estamos fotografando casamentos participamos de momentos especiais com pessoas especiais. Amo fazer isso e tenho sido presenteado com casais de ótima personalidade, ótimas pessoas. Posso dizer que a cada casamento eu ganho um novo casal de amigos”, confessa o fotógrafo.

Quem olha as fotografias feitas pelo Eron percebe claramente que ele tem um olhar diferente. É o tipo de profissional que consegue enxergar o belo no comum. E prova disso são os registros de suas viagens! “Conheci o Cairo, no Egito e Kampalla, na Uganda. Também estive na África a convite de um primo que possui uma ONG no Espírito Santo, a MAIS. Esta ONG tem bases em diversos locais do mundo e acabou surgindo o convite para visitar e fotografar um campo de Refugiados em Uganda. Foi uma experiência incrível e eu pretendo voltar para lá em breve! Quero ajudar o povo que conheci lá”.

UGAN___0615__ (511) UGAN___0615__ (598) UGAN___0615__ (680) UGAN___0615__ (698) UGAN___0615__ (719)
UGAN___0615__ (1207)

Este contato tão próximo com culturas diferentes além de trazer muita inspiração, vem sempre carregado de boas lições para a vida. “A principal de todas é que pobreza e felicidade não estão em lados opostos. Você não precisa ter muito para ser feliz”, afirma o marido da Tati e pai da Ana e do Pedro.

Sabe o que também não precisa de muito para fazer alguém feliz? A fotografia! E disso o Eron entende como ninguém!

1900_19ecd8d1-f7d3-4514-a781-ec32cfa886a4

1900_55fc2270-2f35-40cb-9af5-3051ce6d052a 1900_b86a1843-c58a-404a-a031-dcbb0f1da97d

"Confira os comentários, e deixe a sua mensagem ou dúvida."